Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Notícias Colégio dos Bombeiros realiza simulado de emergência
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Colégio dos Bombeiros realiza simulado de emergência
Qui, 07 de Junho de 2018 17:44


O Colégio Militar do Corpo de Bombeiros Escritora Rachel de Queiroz (CMCB) realizou nesta quarta-feira (06 de junho) um simulado de emergência com todo o corpo de alunos, nos turnos manhã e tarde. Inicialmente foi realizada uma reunião conjunta, envolvendo todo o efetivo militar, professores, servidores, bem como todo o corpo de alunos, na qual foram abordados os procedimentos para a desocupação do colégio de maneira rápida e organizada em situações especiais, como vazamento de gás e incêndios, por exemplo.

Todas as orientações foram organizadas em um fôlder autoexplicativo que foi distribuído à comunidade escolar. O fôlder contém, de modo claro e objetivo, todas as orientações para a desocupação do colégio em emergências, desde o acionamento do alarme até a reunião de todos em uma área segura pré-determinada. Também são detalhados os papéis do monitor, professor, xerife e, principalmente, dos alunos no momento da desocupação.

Mas o que é um simulado? Segundo o Dicionário Michaelis (2008), simulado é algo feito à imitação da coisa verdadeira. É exatamente este o sentido da palavra simulado: é uma imitação de uma situação real. Assim, um simulado é um exercício prático que imita uma situação real, cuja finalidade é a de avaliar a eficiência dos planos de emergência, bem como treinar as equipes de resposta.

Nesse simulado realizado pelo CMCB foi imitada uma situação de vazamento de gás com a necessidade de desocupação de toda a área construída do colégio até a contenção do vazamento. Todos se dirigiram organizadamente a uma área ampla e aberta, seguindo os procedimentos pré-determinados. O Capitão BM Aluízio Freitas, instrutor de Defesa Civil do CMCB e um dos organizadores do simulado, avaliou como bastante positiva a iniciativa. “É algo pioneiro em escolas no estado do Ceará e demonstra a preocupação da direção do colégio com a segurança dos alunos. Todo o exercício foi realizado dentro do previsto e deverá se repetir periodicamente, buscando sempre melhorar o tempo e as ações de resposta a eventuais emergências”, ressaltou o Capitão.

Para o Cel Aluno do 3º ano A, atual Comandante do Batalhão Escolar, Alan Victor Mota Rodrigues, “a simulação de desocupação do colégio em casos de acidente promovida pelo CMCB serviu para alertar os alunos para a importância de uma mudança cultural em relação a conduta preventiva, tendo em vista que muitos acidentes, como o que ocorreu na boate Kiss em 2013, são agravados pelo despreparo de alguns cidadãos em situações de emergência. Dessa forma, simulações como essas são fundamentais, pois por meio destas os alunos são treinados a manter a calma e a ordem em alguma situação de risco, evitando com que acidente tomem proporções maiores”.

Para o Comandante/Diretor do CMCB, Coronel BM Nildson de Oliveira, a realização de simulados de emergência é um importante exercício para podermos treinar nossos alunos, servidores, professores e militares para saberem o melhor tipo de comportamento durante um imprevisto. Além de ser uma obrigação legal, em alguns casos é o momento de verificar a eficácia do controle da emergência, de treinar as equipes de combate a incêndio, primeiros socorros, resgate e apoio à desocupação.

É bom lembrar que simulados de emergência não são exigidos apenas por normas do Corpo de Bombeiros, mas também por órgãos ambientais e pelo Ministério do Trabalho. Um exemplo é a NR-33, que exige a realização de exercício simulado anual de salvamento nos possíveis cenários de acidentes em espaços confinados.








 

Calendário

Junho 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30